Início » Benefícios de respirar profundamente: aprenda a desenvolver esse hábito 

Benefícios de respirar profundamente: aprenda a desenvolver esse hábito 

Respirar pode até ser um ato involuntário, mas ao descobrir os benefícios de respirar profundamente, você o fará com muito mais consciência. 

Inspirar. Expirar. Duas ações simples que fazemos há todo tempo. Por vezes, essas duas palavras são repetidas mentalmente em situações atípicas do dia a dia, em momentos de estresse ou ansiedade.  

Apesar de fazer isso o tempo todo, no entanto, você se lembra da última vez que respirou de forma profunda intencionalmente?

Poucas pessoas têm consciência, mas o simples ato de reeducar a respiração, colocando uma maior quantidade de oxigênio no organismo, pode proporcionar ganhos para a saúde física e mental, deixando as estruturas do corpo em perfeito balanço.

Um estudo publicado pelo site The National Center for Biotechnology Information, aponta serem inúmeros os benefícios de respirar profundamente.

Dentre eles, os principais são:

  • maior controle e prevenção de ataques de ansiedade, assim como outros problemas causados por situações de estresse;
  • redução de dores, atuando na melhora de enxaquecas e até mesmo outras dores mais fortes;
  • estabilidade dos batimentos cardíacos, reduzindo a pressão arterial.

Mas esses não são os únicos benefícios de respirar profundamente. A seguir, confira a lista com as maiores vantagens e entenda como os exercícios respiratórios podem ser grandes aliados para o nosso corpo

10 importantes benefícios de respirar profundamente

1. Diminuição de estresse 

Quando você se encontra em situações de extremo nervosismo ou ansiedade, seu corpo

começa a produzir e liberar um hormônio chamado cortisol, conhecido popularmente como o hormônio do estresse

Esse hormônio, responsável pelo combate e controle de situações de estresse, pode reduzir também as inflamações e contribuir para o funcionamento correto das estruturas que controlam os níveis de açúcar no sangue e da pressão arterial.

Como qualquer outro aspecto biológico do ser humano, altos níveis de cortisol podem ser prejudiciais à saúde. E entre as principais maneiras de controlá-lo, respirar profundamente está no topo da lista. 

Ao fazê-lo, os batimentos cardíacos são estabilizados e mais oxigênio entra na corrente sanguínea. Por fim, uma mensagem enviada ao cérebro faz com que a liberação de endorfina comece, controlando a ação do cortisol. 

Leia também: Como cuidar da saúde mental no trabalho: 6 passos simples

2. Redução da pressão arterial

A respiração desenvolve um importante papel quando se trata do relaxamento dos músculos do corpo. 

Prova disso é o resultado que se pode obter quando se fala sobre a dilatação nos vasos sanguíneos.

Uma vez dilatados, eles estimulam uma melhor circulação do sangue, reeducando os batimentos cardíacos e, consequentemente, auxiliando no combate à pressão alta.

Esse é, sem dúvidas, um dos benefícios de respirar profundamente. Especialmente a longo prazo, pois pode prevenir, entre tantas condições, a hipertensão

3. Combate à dor

Outro dos benefícios de respirar profundamente é a liberação da endorfina pelo cérebro, como falado acima. 

Essa ação, por mais simples que pareça, pode ter outros ganhos além do controle do estresse: ela também pode ajudar no combate às dores físicas

Popularmente conhecida como o hormônio da felicidade, a endorfina possui efeito analgésico, levando ao alívio de diferentes graus de dores, além de diminuir a tensão muscular. 

Leia também: Como evitar dor no pescoço: principais causas e cuidados

4. Estimulação do sistema linfático

Partindo do pressuposto de que a respiração é o que faz o corpo funcionar, outro benefício de respirar profundamente está ligado ao fato da eliminação de toxinas a partir desse processo.

Ao expirar, eliminamos gás carbônico, realizando um processo de desintoxicação das células do organismo. Durante a respiração, são eliminados cerca de 80% das toxinas do nosso sistema.

Para aqueles que a respiração profunda não é um hábito, pode ser necessário um trabalho mais complexo do organismo para se ver livre de tais toxinas, deixando-o sobrecarregado.

5. Melhoria da imunidade

Quando o sangue está oxigenado de forma correta, a absorção de nutrientes e vitaminas se torna mais fácil e eficiente.

Esta absorção faz com que as estruturas responsáveis, por exemplo, pelo combate aos vírus e bactérias, estejam fortificadas e preparadas para lidar com possíveis enfermidades e outras condições de saúde, dificultando a permanência de doenças no organismo.

6. Aumento da capacidade pulmonar 

Além de ajudar na elasticidade do pulmão, o que torna possível um maior armazenamento de ar dentro deles, a respiração profunda faz com que se tenha mais energia para realizar ações do cotidiano.

Seja na realização de exercícios físicos ou no simples ato de ir caminhando ao mercado, a respiração consciente e ativa auxilia na carga energética que teremos para concluir as tarefas que precisamos durante o dia a dia. 

Lembre-se que quanto mais oxigênio há em nosso sangue, melhor o nosso organismo e todo o corpo funciona. 

7. Regularização intestinal

Como reforçado durante nossa lista, os benefícios de respirar profundamente se mostram a chave para um melhor e mais saudável fluxo de sangue no organismo.

E isso também influencia diretamente em como os órgãos trabalham e desenvolvem suas funções dentro do corpo.

Um exemplo constantemente citado por especialistas é a melhoria da digestão.

O sangue bem oxigenado, aliado à movimentação do diafragma durante a respiração profunda, ajudam no funcionamento do intestino, estimulando a digestão e reduzindo a ocorrência de constipações.

8. Melhora na qualidade do sono

Você sabia que a respiração inadequada também pode apresentar problemas para que o corpo consiga o descanso necessário após as atividades diárias?

Caso não desenvolva uma forma de ajustar a forma como respira, seu sono pode ser prejudicado. Afinal, o fornecimento insuficiente de oxigênio no organismo pode deixar o seu cérebro em estado de alerta, barrando a sua habilidade de dormir profundamente.

Desse modo, se você luta com a falta de sono, parte essencial para evitar a insônia e relaxar o corpo para a hora de dormir é reeducar sua respiração durante o dia.

9. Correção da postura

Perceba que ao respirar profundamente sua coluna fará um movimento seguindo para encher e esvaziar os pulmões.

Praticar esse exercício poderá trazer resultados para uma postura adequada e melhorar sua vida tanto no aspecto da saúde e funcionamento do corpo, quanto na autoestima, visto que muitas pessoas se incomodam com a aparência curvada causada pela má postura.

10. Melhoria das atividades cognitivas

Por fim, como exige uma oxigenação abundante, o cérebro, uma vez estimulado por meio da respiração profunda, irá trabalhar de forma plena. Assim, automaticamente, você perceberá que ações que envolvem atenção, concentração, raciocínio, memória e compreensão serão aprimoradas.

Como desenvolver o hábito de respirar profundamente

Agora que você sabe quais são os benefícios de respirar profundamente, chegou a hora de entender como você pode desenvolver esse hábito diariamente.

Essa parte não está envolvida em nenhum grande segredo da ciência, mas em uma única e simples questão de prática, assim como acontece com qualquer outro tipo de exercício. 

Quando a respiração consciente se tornar parte do seu dia-a-dia, os benefícios de respirar profundamente logo serão notados por você. 

Um bom exercício para fazer e treinar essa habilidade é seguindo os seguintes passos:

1. inspirar pelo nariz por pelo menos cinco segundos;

2. segurar o ar por pelo menos 3 segundos;

3. liberar o ar pela boca lentamente;

4. repita esse processo sempre que possível. 

Vale lembrar que esse tempo é apenas uma média, mas à medida em que você continuar praticando, a tendência é que você consiga manter o ar nos pulmões por ainda mais tempo. 

Se você gostou de aprender mais sobre os benefícios de respirar profundamente, pode gostar de outros conteúdos do nosso blog também! Confira: