Início » Como contar um ciclo menstrual irregular: tudo o que você precisa saber sobre o tema

Como contar um ciclo menstrual irregular: tudo o que você precisa saber sobre o tema

Muitas mulheres têm o ciclo menstrual irregular. Veja o que é, as causas da alteração e como contar o ciclo menstrual irregular para descobrir qual o seu período fértil.

Embora ter um intervalo menstrual com duração maior do que um mês seja desejo de muitas mulheres, intervalos com mais de 35 dias não são naturais. Principalmente para quem deseja engravidar, ter um período menstrual regular facilita o processo! Mas, se esse não é o seu caso, descubra como contar o ciclo menstrual irregular.

O que é um ciclo menstrual irregular?

O ciclo menstrual começa na adolescência, com a menarca, a primeira menstruação. Nos dois primeiros anos é comum que o ciclo seja irregular, afinal, o corpo está se readaptando a uma nova fase.

Como a menstruação difere de mulher para mulher, é importante manter seu ciclo bem anotado, para facilitar a visualização de qualquer possível alteração. Portanto, monte seu próprio calendário ou use aplicativos específicos para este fim.

O ciclo menstrual é contabilizado a partir do primeiro dia da menstruação até o primeiro dia da próxima. A duração é diferente para cada mulher, mas em todos os casos, o período é considerado regular quando dura de 21 a 35 dias.

Durante esse meio tempo acontecem as fases folicular, ovulatória e lútea:

  • Folicular: varia para cada mulher, mas dura em torno de 12 a 16 dias
  • Ovulatória e lútea: dura cerca de 14 dias. A fase ovulatória é quando o óvulo está pronto para ser fecundado, é o chamado período fértil. Caso isso não aconteça, as paredes do útero descamam e a mulher menstrua.

O ciclo é considerado irregular quando varia para mais ou para menos do intervalo recomendado por mais de três meses. Nesse caso, é preciso ter ainda mais atenção, já que fica complicado identificar quando a ovulação acontece de fato.

De acordo com referências levantadas pelo aplicativo Clue, em cada fase, o ciclo menstrual irregular varia da seguinte maneira:

  • Adolescência: fora do intervalo de 21 a 45 dias
  • Fase adulta: fora do intervalo de 24 a 38 dias; ou ciclos que variam de 7 a 9 dias – ou seja, em um mês dura 27 dias e no seguinte 42 dias, por exemplo.

A menstruação irregular é comum na menarca, próximo à menopausa, após a gravidez, ou ao interromper e iniciar um método contraceptivo hormonal.

Quantos dias dura um ciclo irregular?

É complicado contar quantos dias dura um ciclo irregular, visto que em alguns meses a menstruação pode ser precoce ou tardia. De todo modo, nesses casos é essencial contar com o auxílio de um profissional, para entender as causas da irregularidade.

Posso engravidar com um ciclo menstrual irregular?

A maioria das mulheres com ciclo irregular se questiona se é possível engravidar ou não. E, sim, é possível.

Isso porque ter um ciclo irregular não é sinônimo de esterilidade. Na verdade, o processo será mais complicado, visto a dificuldade em calcular o período de ovulação.

Mas, para te ajudar, a seguir, ensinamos como contar um ciclo menstrual irregular!

Como contar o ciclo menstrual irregular: descubra seu período fértil

Lembra que te dissemos para manter o calendário menstrual bem registrado? Com ele é possível descobrir a durabilidade do seu ciclo e quando é o seu período fértil.

  1. Anote a duração de cada ciclo (não se esqueça: o ciclo acontece desde o primeiro dia de menstruação até o início da próxima) e monitore os resultados por cerca de três meses para ter uma média.
  2. Subtraia 14 do número encontrado. O resultado será o início do seu período fértil. Então, você poderá se preparar para engravidar.

O calendário permite descobrir se o ciclo está irregular ou não. Se os números forem constantes, mesmo que variáveis, também é possível identificar qual o seu período fértil.

Veja o exemplo:

Ana sempre anotou seu ciclo menstrual, após a recomendação da sua médica. Ela notou que seu ciclo dura 27 dias. Ao subtrair 14 desse valor, ela descobriu que o período ovulatório sempre começava no 13º dia do ciclo.

No entanto, há três meses, Ana percebeu que sua menstruação estava com durações diferentes, que variaram entre 30, 28 e 29 dias. Ao calcular a média dos valores (somar os números e dividir pela quantidade de meses, nesse caso, três), viu que a nova duração média dos ciclos era de 29 dias.

Ou seja, a fase ovulatória começa no 10º dia, três dias antes do habitual.

Ao entender como contar o ciclo menstrual irregular fica mais fácil descobrir quando é possível engravidar. De todo modo, o acompanhamento médico é imprescindível para descobrir novas alterações e suas causas.

Como contar o ciclo menstrual irregular com o método Billings

Outra forma como contar o ciclo menstrual irregular é através do método da ovulação de Billings, técnica natural que indica o período fértil da mulher a partir da análise do muco cervical, que fica na entrada da vagina. Esta técnica é eficaz e recomendada pela Organização Mundial da Saúde (OMS).

Além de se atentar ao calendário menstrual, você deve ter atenção ao muco cervical. A partir das suas características você poderá identificar qual o seu período fértil.

Durante a fase ovulatória, o muco tem aspecto transparente, como a clara de ovo, é fino, e a região da vulva fica mais molhada.

Tenha atenção a consistência do seu próprio muco para ter clareza sobre qual é o seu período fértil.

Mas, se você não está menstruando há alguns meses, procure um ginecologista imediatamente. A menstruação atrasada e irregular nem sempre é sinal de gravidez.

Menstruação irregular: o que pode ser?

O ciclo irregular pode estar associado a uma série de fatores, desde comportamentais até condições de saúde que afetam os hormônios e o sistema reprodutivo.

Algumas causas comuns, além das já citadas são:

  • Período pós-parto e amamentação
  • Sono irregular
  • Estresse crônico
  • Exercícios físicos intensos
  • Mudanças rápidas de peso
  • Transtornos alimentares
  • Drogas e alguns medicamentos

Já as condições de saúde que também causam ciclos irregulares são:

  • Endometriose
  • Síndrome dos ovários policísticos
  • Alterações na tireoide
  • Infecções no sistema reprodutivo
  • Diabetes sem acompanhamento
  • Anomalias no colo do útero ou vagina
  • Pólipos uterinos
  • Menopausa precoce

Quando não são investigados, nem tratados, ciclos menstruais irregulares a longo prazo podem causar problemas mais graves. Por isso, não dispense idas ao ginecologista e check-ups frequentes.

O que fazer para regularizar o ciclo menstrual?

A melhor forma de regularizar o ciclo menstrual é com o acompanhamento médico.

Não tenha medo de conversar com o seu ginecologista. Mostre seu histórico de ciclos e conte sobre alterações incomuns no copo, se houver. Aproveite o momento para tirar todas as suas dúvidas.

A partir daí, o médico será responsável por pedir exames, indicar o diagnóstico real e o melhor tratamento. Cuide da sua saúde de maneira preventiva! Assim, você evita complicações e doenças sérias.

Aqui na CenttralMed, conveniados inscritos no programa Consultas do Bem não precisam pagar pelas consultas nas maiores especialidades. Dá para acreditar? Agora você não tem desculpas para deixar aquele agendamento importante para depois.

Entre em contato para saber mais sobre o benefício e marcar sua próxima consulta agora mesmo.