Início » Como fazer meditação guiada: 4 passos práticos que podem melhorar sua experiência

Como fazer meditação guiada: 4 passos práticos que podem melhorar sua experiência

Foco, calma, concentração e autoconhecimento. Aprenda como fazer meditação guiada e conquiste todos esses benefícios. 

Quando falamos em exercícios, logo imaginamos academias, suor e muito esforço físico. Mas você já parou para pensar que também existem exercícios mentais e no bem que eles podem fazer para sua qualidade de vida?

Entre as opções, a meditação guiada tem ganhado destaque, conquistando cada vez mais adeptos. Mas ainda são várias as dúvidas feitas por quem deseja iniciar uma rotina de concentração e autoconhecimento

Se você ainda não sabe como fazer uma meditação guiada, mas está ansioso para exercer a atividade pela primeira vez, veja algumas informações que podem ajudá-lo a colocar em prática. Vamos lá!

Afinal, o que é meditação guiada?

Antes de falarmos sobre como fazer meditação guiada, precisamos entender o que é essa prática.

Como o próprio nome sugere, a meditação guiada é uma prática em que uma pessoa ou um grupo meditam sob a orientação de uma pessoa. Esse mediador pode ser simplesmente outro praticante ou até mesmo um professor treinado.  

Esse direcionamento pode acontecer por vídeos, áudios ou até mesmo presencialmente, em que independentemente do local, o mediador faz a narração da meditação, trabalhando com a mente e imaginário dos praticantes. 

Em geral, quando falamos sobre o que é meditação guiada, a associamos completamente a exercícios de respiração. De fato, a respiração é o ponto principal de uma meditação, pois auxilia no processo de relaxamento do corpo. 

No entanto, a meditação também é uma atividade de concentração, foco e autoconhecimento. E são muitos os ganhos que ela pode proporcionar para a saúde física e mental

Durante a prática, diversas mudanças acontecem em nosso organismo, como:

  • aumento da oxigenação do sangue;
  • controle dos batimentos cardíacos;
  • melhora no funcionamento cerebral;
  • relaxamento muscular. 

Como fazer meditação guiada?

Para muitas pessoas, a primeira tentativa de meditar pode ser um verdadeiro fracasso. Afinal, pela falta de prática, dificilmente a pessoa consegue chegar ao estado completo de concentração e relaxamento característicos da meditação. 

Para isso, a medicação guiada pode ser uma alternativa interessante para quem quer começar realizar a atividade. Afinal, você só precisa ouvir as orientações, focar no que é dito e fazer o que é pedido. 

A seguir, veja um passo a passo que pode ajudar a entender como fazer uma meditação guiada e ter sucesso durante a prática. 

1. Organize seu tempo e crie uma rotina

Certamente que você já ouviu a frase “a prática leva a perfeição”. 

Apesar de ser muito utilizada em inúmeras situações, e não ser totalmente verdadeira (afinal, não há como atingir a perfeição), a prática da meditação pode, sim, levar ao aprimoramento. 

Por isso, é de extrema importância que você, ao decidir começar a meditar, separe um tempo para isso e mantenha constância. Entenda a sua rotina e veja qual o melhor momento do dia para realizar a meditação guiada.  

Em geral, no início, 15 a 20 minutos por sessão já é o suficiente para que você sinta os ganhos que a meditação pode proporcionar.

Dois bons horários para meditar é pela manhã, para começar o dia mais calmo e relaxado, e ao final do dia, quando você precisa se desligar e deseja dormir para descansar das tarefas do dia a dia. 

2. Encontre um lugar calmo

Quando falamos em como fazer meditação guiada, estar livre de distrações é a chave para que a meditação seja concluída com sucesso.

Afinal, se a meditação é, sobretudo, um exercício de foco e concentração, um local calmo e sem distrações ou interrupções precisa ser uma prioridade para que sua mente possa focar totalmente na orientação recebida. 

3. Adote uma posição confortável e correta

Um dos maiores problemas encontrados por iniciantes na meditação, é a posição em que se deve ficar para a realização do exercício.

Afinal, a meditação se faz deitado? Sentado? De pé? Em uma posição diferente de alongamento? No fim, a meditação independe da posição escolhida, desde que a pessoa se sinta relaxada e confortável para conseguir realizar uma boa sessão. 

Certamente, o seu corpo lhe dará os sinais de qual posição é a melhor para você. No menor sinal de desconforto, tente uma nova postura. 

4. Respire de forma controlada e ritmada

A respiração está fortemente ligada ao item anterior. Por meio dela, você poderá observar qual postura deve ficar para que seu corpo não sofra durante o processo de meditação guiada.

Afinal, ninguém deseja tentar relaxar e sair com o corpo doendo depois, não é mesmo?

Lembre-se que a respiração é o coração da meditação, e que mantê-la controlada e em um ritmo calmo é o segredo para conseguir tirar o maior proveito da prática.

Principais benefícios da meditação guiada

Seguindo nossas dicas e mantendo uma rotina diária de meditação, além de se aprofundar na prática, certamente você obterá ótimos resultados em seu corpo e mente, como, por exemplo: 

  • combate à insônia;
  • melhora no foco em atividades diárias;
  • postura correta e melhor circulação sanguínea;
  • autoconhecimento;
  • diminuição do estresse e irritabilidade;
  • auxílio no tratamento contra transtornos mentais, como a ansiedade e depressão. 

Ferramentas que ajudam na realização da meditação guiada

Agora que você sabe o que é e como fazer meditação guiada, chegou a hora de descobrir algumas ferramentas e plataformas que podem auxiliar na prática.

Atualmente, com o avanço tecnológico, já não é mais necessário ir até um espaço físico para participar de uma sessão de meditação. 

Desde que você tenha acesso a internet, diversas plataformas, sites e aplicativos estão disponíveis para quem deseja contar com a ajuda de um mediador durante a meditação. 

A seguir, veja algumas das possibilidades. 

1. Serviços de streaming de conteúdos de áudio

Dentre os mais conhecidos e utilizados, podemos destacar o Spotify, Apple Music, Deezer e a Amazon Music. Todos contêm em seus catálogos algum tipo de meditação que poderá se encaixar no que você procura.

Seja por uma meditação mais longa ou até mesmo um podcast de no máximo 15 minutos, os serviços de streaming de áudio são de grande auxílio para quem procura uma alternativa de meditação acessível e que pode ser feita em qualquer lugar.

2. Canais no YouTube

Outra alternativa para aprender como fazer meditação guiada é o Youtube.

A plataforma de compartilhamento de vídeos, possui, dentre os seus milhões de canais, diversos conteúdos de como fazer meditação guiada. E, o melhor, de forma totalmente gratuita.

Além de conteúdos audiovisuais, no YouTube também podem ser encontrados podcasts e áudios.

3. Aplicativos

Uma maneira de encontrar conteúdos diretamente voltados para o público que deseja entrar no mundo da meditação guiada são os aplicativos para celular.

Alguns dos mais utilizados são o Sattva, Insight Time e Medite.se, presentes na lista de aplicativos mais bem recomendados pelos usuários. 

Para evitar distrações, a grande maioria dos apps oferecem funcionalidades como “timer”, para controle do tempo de meditação, e a possibilidade de bloquear notificações. 

Se você gostou de saber como fazer meditação guiada, pode gostar de outros conteúdos do nosso blog também! Confira: