Início » Quais os benefícios do magnésio: descubra!

Quais os benefícios do magnésio: descubra!

Benefícios do cloreto de magnésio

O magnésio é tão importante quanto a água ou o oxigênio. Conheça alguns dos seus benefícios e viva melhor.

Nosso organismo é como uma máquina cheia de engrenagens. Cada parte responsável por uma função. Girando, se encaixando e se movendo.

O magnésio está envolvido em mais de 300 reações químicas no nosso corpo. Trezentas. E quando há deficiência deste mineral, o organismo passa a apresentar falhas de funcionamento. As engrenagens começam a faiscar. As brechas se abrem e deixam a saúde em risco.

Além do consumo elevado de alimentos processados, açúcares e refrigerantes influenciarem a deficiência de magnésio, a situação se agrava no Brasil. Isso porque não há terras vulcânicas aqui; em outras palavras: solo pobre em magnésio.

Para solucionar essa deficiência, é necessário consumir alimentos ricos em magnésio (como nozes, chocolate amargo, sementes de abóbora, amêndoas etc) e/ou suplementos farmacêuticos.

O suplemento de magnésio mais comum é o cloreto de magnésio. Ele é barato, fácil de encontrar e fácil de usar. Porém, consulte um médico antes de ingeri-lo, pois há efeitos colaterais (enjoo, vômito e diarreia) e contraindicações.

A seguir, conheça 5 benefícios do cloreto de magnésio para fechar as brechas na sua saúde e manter as engrenagens funcionando corretamente.

1 – Ossos fortes

Pisos molhados e banheiros são verdadeiras zonas de risco para quem sofre de osteoporose. Isto porque a osteoporose deixa os ossos tão frágeis quanto pratos de porcelana. Um simples escorregão pode ser suficiente para trincar um fêmur.

Imagine o seguinte: os ossos são como armazéns de cálcio. Quando o corpo precisa desse mineral para realizar funções metabólicas, ele vai até o armazém e o retira. E esse é o ciclo: o corpo pega cálcio nos ossos, os ossos são abastecidos com mais cálcio, o corpo retira novamente…

Mas quem leva o cálcio do sangue para dentro dos ossos? Quem mantém o armazém sempre cheio?

Um dos benefícios do cloreto de magnésio é esse: fixar o cálcio nos ossos e mantê-los resistentes. Mantê-los densos e longe da osteoporose. É o magnésio quem mantém o ciclo funcionando.

2 – Controla a pressão arterial

Nosso coração está a todo instante bombeando sangue pelo corpo. E nesse processo, o sangue exerce uma certa pressão contra as paredes internas das artérias.

Para que essa pressão se mantenha normal, as artérias exercem uma certa resistência ao sangue. E assim as coisas fluem tranquilamente. Mas e se o sangue exercesse tanta pressão que corresse o risco das artérias se romperem?

1 a cada 4 brasileiros adultos sofrem de pressão arterial altahipertensão. E essa doença dá brecha para outras complicações, como o acidente vascular cerebral: quando uma artéria na região do cérebro não suporta a pressão sanguínea e estoura.

Porém, estudos mostram que um dos benefícios do cloreto de magnésio é a redução da pressão arterial. Ele relaxa os vasos sanguíneos, deixando-os mais largos. Além de ajudar na remoção de placas de gordura acumuladas nas artérias, facilitando o fluxo sanguíneo.

Com a ingestão adequada do magnésio, você não apenas reduz a pressão alta. Mas também previne outras doenças cardiovasculares.

3 – Músculos relaxados e saudáveis

Já deve ter acontecido com você…

Você dormiu de mal jeito. Quando levanta e move a cabeça, seu pescoço protesta. Você sente a dor latejando debaixo da sua pele.

Quando os músculos são esticados além do que suportam, eles não ficam em silêncio. Eles reclamam por você tê-los forçado.

Talvez eles reclamem através de cãibras. Talvez por meio de dores musculares após um exercício físico intenso. Talvez cansaço muscular ou tensões musculares. A boa notícia é que você pode tratar esses problemas.

O magnésio ajuda a relaxar os músculos. Ele evita que você tenha contrações involuntárias e dolorosas. E também elimina o ácido lático acumulado, que é responsável por dores musculares.

Além disso, ele também participa na produção de ATP. Por isso, se você quer dispor de mais energia e ter melhor desempenho ao fazer atividades físicas, por exemplo, mantenha os níveis ideais de magnésio em seu corpo.

4 – Ajuda no combate a enxaqueca

Cefaliv. Sumax. Cefalium. Se você sofre de enxaqueca, é provável que conheça algum desses medicamentos. E com certeza conhece os desconfortos: cabeça latejando, hipersensibilidade à luz e ao som, as náuseas e vômitos.

Estudos indicam que pessoas que sofrem de enxaqueca têm baixas quantidades de magnésio. E que o uso deste mineral diminuiu a frequência das crises de enxaqueca em 41% das pessoas. Por isso, médicos recomendam o uso oral do magnésio como prevenção (e tratamento).

Mas atenção: a deficiência de magnésio não é a única causa da enxaqueca. Por isso, consulte um médico e faça o tratamento correto.

5 – Controla a diabetes mellitus tipo 2

É simples. A insulina é o hormônio que controla a quantidade de açúcar no sangue. Ela atua como uma chave que permite a entrada da glicose nas células.

No caso do diabetes mellitus tipo 2, há três cenários possíveis:

  • Seu pâncreas produz pouca insulina.
  • Seu organismo não usa a insulina do jeito certo.
  • Seu organismo começa a resistir à insulina.

Consequências? A corrente sanguínea começa a acumular uma grande quantidade de açúcar. E com a ausência de açúcar nas células, começam a surgir os problemas na produção de energia. Estudos afirmam que 25% a 45% dos diabéticos têm deficiência de magnésio.

Este mineral é essencial na produção de insulina. E além disso, remove o excesso de açúcar do sangue e impede que o organismo apresente resistência insulínica.

Os benefícios do cloreto de magnésio são inegáveis para o corpo humano

Agora que você conhece sua importância, mantenha o nível ideal de magnésio em seu organismo.Elimine as brechas. Mantenha seu corpo funcionando corretamente. Sem engrenagens falhando. Sem faíscas. E caso necessário, use o cloreto de magnésio como suplemento mineral.

E aí, gostou de conhecer os benefícios do cloreto de magnésio? Compartilhe esse post nas suas redes sociais para que outras pessoas conheçam 5 motivos para não deixar de consumir magnésio.